O Sistema Nacional de Avaliação Técnica é uma iniciativa de mobilização da comunidade técnica nacional para dar suporte à operacionalização de um conjunto de procedimentos reconhecido por toda a cadeia produtiva da construção civil, com o objetivo de avaliar novos produtos utilizados nos processos de construção.

A meta que mobiliza a comunidade técnica é o estímulo à inovação tecnológica, aumentando o leque de alternativas tecnológicas disponíveis para a produção habitacional, sem aumentar, todavia, o risco de insucesso no processo de inovação. Em resumo, busca-se aumentar a competitividade do setor produtivo.

O escopo do SINAT pode ser sintetizado na harmonização de procedimentos para a avaliação de novos produtos para a construção, quando não existem normas técnicas prescritivas específicas aplicáveis ao produto. A harmonização de procedimentos é necessária para assegurar que todos os aspectos relevantes ao comportamento em uso de um produto de construção sejam considerados no processo de avaliação. Também é necessária a harmonização de procedimentos para que haja uma convergência de resultados da avaliação de um mesmo produto, quando submetido a processos de avaliação por instituições avaliadoras distintas, ou por uma única instituição avaliadora em tempos diferentes.

O SINAT é proposto para suprir, provisoriamente, lacunas da normalização técnica prescritiva, ou seja, para avaliar produtos não abrangidos por normas técnicas prescritivas.

A operacionalização do SINAT representa, efetivamente, a criação de uma infra-estrutura fundamental para o desenvolvimento tecnológico do setor da construção civil.

 

Documentos relacionados:

Regimento do SiNAT

Formulário de Credenciamento de ITA

Critérios para Participação de ITAs no SiNAT Inovadores

Critérios para Participação de ITAs no SiNAT Convencionais

Diretriz SiNAT nº 001 - Revisão 03 - Diretriz para Avaliação Técnica de paredes estruturais de concreto moldadas no local (Concreto Leve ou Concreto Reforçado com Fibra de Vidro)

DATec nº 001-A - Sistema Construtivo Sergus com Fôrmas tipo Banche (Prazo de validade VENCIDO)

Diretriz SiNAT nº 002 - Revisão 02 - Sistemas de paredes integrados por painéis pré-moldados de concreto ou mistos para emprego em edifícios habitacionais

Diretriz SiNAT nº 003 - Revisão 02 - Diretriz para Avaliação Técnica de Sistemas construtivos estruturados em perfis leves de aço zincado conformados a frio, com fechamentos em chapas delgadas (Sistemas leves tipo "Light Steel Framing")

Diretriz SiNAT Nº 004 Revisão 01 - Paredes estruturais constituídas de painéis de PVC preenchidos com concreto (Paredes de concreto com formas de PVC incorporadas)

DATec nº 002 - Sistema Construtivo SULBRASIL em Paredes de Concreto Armado Moldadas no Local (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 003-B - Painéis maciços pré-moldados de concreto armado para paredes da VIVER (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 004 - Sistema Construtivo TENDA em Paredes de Concreto Armado Moldadas no Local (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 005-C - Paredes maciças moldadas no local de concreto leve com polímero e armadura de fibra de vidro protegida com poliéster - HOBRAZIL Sistema Construtivo Ltda

DIRETRIZ SINAT Nº 005 Revisão 03 - Sistemas construtivos estruturados em peças de madeira maciça serrada, com fechamentos em chapas (Sistemas leves "Light Wood Frame").

DATec nº 006-A - Sistema construtivo TECNNOMETTA em Paredes de Concreto Leve armado moldadas no local (Documento SUSPENSO)

DATec nº 007-A - Painéis pré-moldados maciços de concreto armado para execução de paredes - ROSSI (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 008 C - Sistema de vedação vertical com função estrutural constituído de painéis pré-moldados de blocos cerâmicos e nervuras de concreto armado - JET CASA

DATec nº 010 - Sistema construtivo BAIRRO NOVO em paredes de concreto armado moldadas no local (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 011 - Sistema construtivo CARRILHO em paredes de concreto armado moldadas no local (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 012 D - Painéis pré-fabricados mistos de concreto armado e blocos cerâmicos sem função estrutural - PRECON

Diretriz SiNAT nº 006 - revisão 01 - Argamassa inorgânica decorativa para revestimentos monocamada

DATec nº 013 - Sistema Construtivo DHARMA em paredes Constituídas de Painéis Pré-moldados Mistos de Concreto Armado e Blocos Cerâmicos (Prazo de validade VENCIDO)

Diretriz SiNAT Nº 008 - Revisão 02 - Alvenarias de blocos de gesso para vedações verticais internas sem função estrutural

Diretriz SiNAT nº 009 - Revisão 01 - Sistema de vedação vertical externa, sem função estrutural, multicamadas, formado por perfis leves de aço zincado e fechamentos em chapas delgadas com revestimento de argamassa (Fachada leve em steel frame)

DATec nº 009-B - Painéis pré-moldados mistos de concreto armado e blocos cerâmicos para paredes - CASA EXPRESS (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 015 - Sistema construtivo LP BRASIL OSB em Light Steel Frame e fechamento em chapas de OSB revestidas com siding vinilico (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 016 - Sistema construtivo LP BRASIL OSB em Light Steel Frame e fechamento em SmartSide Panel (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 017 A - Sistema Construtivo Global de paredes constituídas por painéis de PVC preenchidos com concreto

DATec nº 018 - Sistema construtivo GIASSI composto por painéis de concreto armado pré-fabricados (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 019-A - Argamassa decorativa "Weber-pral classic SE" para revestimentos monocamada (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 020 D - Sistema estruturado em peças leves de madeira maciça serrada - Tecverde (tipo light wood framing)

DATec nº 021 C - Sistema Construtivo "CASAS OLÉ - PAINÉIS PRÉ-MOLDADOS EM ALVENARIA COM BLOCOS CERÂMICOS E CONCRETO ARMADO"

Diretriz SiNAT nº 010 - Diretriz para Avaliação Técnica de Sistemas Construtivos Formados por Painéis Pré-fabricados de Chapas Delgadas Vinculadas por Núcleo de Isolante Térmico Rígido.

Diretriz SiNAT nº 011 - Diretriz para Avaliação Técnica de Paredes, moldadas no local, constituídas por componentes de poliestireno expandido (EPS), aço e argamassa, microconcreto ou concreto

Diretriz SiNAT nº 007 - Revisão 01 - Diretriz para Avaliação Técnica de telhas plásticas para telhados

DATec nº 022 - Telhas de PVC PreconVC modelo Colonial Cerâmica (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 023-B - Painéis estruturais pré-moldados Casa Express, mistos de concreto armado e lajotas cerâmicas - Tipo A

DATec nº 024-B - Sistema de paredes DPB de painéis nervurados préfabricados de concreto armado

DATec nº 025 - Telhas de PVC PreconVC Modelo Plan Cerâmica (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 026 A - Paredes estruturais Tecnometa de concreto leve armado moldadas no local

DATec nº 027 - Vedações verticais internas em alvenaria não-estrutural de blocos de gesso - QGDI/SUPERGESSO (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 028 A - Sistema de vedação vertical constituído de painéis pré-moldados de blocos cerâmicos e nervuras de concreto armado - PREMIERE

DATec nº 029 - Painéis pré-moldados maciços de concreto armado para paredes (Prazo de validade VENCIDO)

DATEc nº 030 - Sistema Construtivo LP Brasil OSB em Light Steel Frame e fechamento em chapas de OSB revestidas com placa cimentícia (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 031-A - Painéis pré-moldados mistos de concreto armado e blocos cerâmicos sem função estrutural

Diretriz SiNAT Nº 012 - Reservatórios modulares de placas de poliéster reforçado com fibra de vidro (PRFV) para armazenamento de água potável

DATec nº 032A - Painéis estruturais pré-moldados de concreto armado - ALTIARE

Auditorias Técnicas - Portaria nº 110/2015

DATec nº 033 - Revestimento decorativo monocamada em argamassa inorgânica - ARGAMONT (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 034 - Reservatório modular de placas de poliéster reforçado com fibra de vidro (PRFV) para armazenamento de água potável - FORTLEV (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 014-B - Sistema Construtivo a seco SAINT-GOBAIN - Light Steel Frame (Prazo de validade VENCIDO)

DATec nº 035 A - Paredes moldadas no local de Concreto Reforçado com Fibra de Vidro - CRFV

Diretriz SiNAT nº 013 - Tubulações corrugadas de polietileno contendo polietileno de alta densidade reciclado para microdrenagem de áreas internas de empreendimentos residenciais e comerciais.

DATec nº 036 - Painéis de vedação sem função estrutural pré-fabricados em concreto

DATec nº 037 - Sistema Construtivo Bazze PVC de Paredes Constituídas de Painéis de PVC Rígido Preenchidos com Concreto

Diretriz SiNAT nº 014 - Revestimentos decorativos laminados plásticos para revestimento interno de sistemas de vedação vertical

Instituições Técnicas Avaliadoras - ITA's

FAD Nº 019 - Esquadrias de Alumínio - Tipologia: esquadrias de correr de perfis em alumínio com dimensões máximas de 1,20 m x 1,50 m com duas folhas móveis de vidro e persiana integrada.

FAD Nº 020 - Sistema de cobertura com telhado constituído de telhas cerâmicas e forros de perfis de PVC rígido de 7 mm de espessura.

FAD Nº 021 - Sistema de cobertura com telhado constituído de telhas onduladas de fibrocimento sem amianto de 6 mm de espessura e forros de perfis de PVC rígido de 7 mm de espessura.

DATec nº 038 - Sistema construtivo modular "Casas Fischer" - painéis pré-fabricados de chapas delgadas vinculadas por núcleo de isolante térmico rígido.

FAD Nº 022 - Sistema de cobertura composto por estrutura de madeira, telhas cerâmicas simples de sobreposição modelo Colonial e forro de gesso.

FAD Nº 023 - Sistema de cobertura composto por estrutura metálica, telhas cerâmicas simples de sobreposição modelo Paulistinha e forro de PVC rígido.

FAD Nº 024 - Sistema de cobertura composto por estrutura de madeira e telhas cerâmicas compostas de encaixe modelo Romana e forro de gesso acartonado.

Diretriz SiNAT nº 015 - Sistema de vedações verticais internas e externas sem função estrutural de painéis vazados de geopolímero.

DATec nº 039 - Revestimento decorativo laminado de PET para revestimento interno de sistemas de vedação vertical - IBRAP.

FAD Nº 025 - Parede de vedação em alvenaria de blocos cerâmicos de 11,5x19x39cm, com revestimento de gesso em ambas as faces (vedação vertical somente interna).

FAD Nº 026 - Parede de vedação em alvenaria de blocos cerâmicos de 9x19x39cm, com revestimento de gesso em ambas as faces (vedação vertical somente interna).

FAD Nº 027 - Sistema de cobertura composto por estrutura de madeira, telhas cerâmicas simples de sobreposição modelo Paulistinha e forro de gesso (Sistema Amorim Coutinho Construções)

FAD Nº 28 - Parede de vedação em alvenaria de blocos cerâmicos de 14x19x39cm, com revestimento de gesso em ambas as faces (vedação vertical somente interna).

FAD Nº 29 - Parede de vedação em alvenaria de blocos cerâmicos de 14x19x39cm, com revestimento de argamassa na face externa e revestimento de gesso na face interna (vedação vertical externa).

FAD Nº 030 - Sistema construtivo em chapas de gesso para drywall (Tipologia: Sistemas de vedação vertical interna (SVVI) em chapas de gesso para drywall).